Blog

Blog exclusive content

exclusive content
Você sabe a diferença entre chá e infusão?
Thursday March 11th, 2021

Já parou para pensar que nem tudo que chamamos de chá é realmente chá? No Guia Especial Sobre Chás (que produzimos em parceria com a Termolar), nós lançamos este questionamento.

Por lá, começamos a esclarecer que, dependendo do processo de produção, podemos ter um chá, uma infusão e até mesmo um blend.

Se ainda não baixou o material pode ficar tranquilo, vamos nos aprofundar no assunto agora mesmo! 

Por isso pode ir aquecendo a água, pois você já vai descobrir qual é a forma correta de chamar o principal companheiro dos seus momentos de relaxamento.

Todo chá é uma infusão

Todo chá é uma infusão, mas nem toda infusão é um chá. Essa premissa lhe fez lembrar das aulas de raciocínio lógico?

A familiaridade pode até estar na Matemática, mas quem nós vamos chamar mesmo para ajudar a explicar como o processo funciona é a Química.

Quimicamente, uma infusão é a bebida que resulta da imersão de alguns ingredientes em água quente. É justamente por isso que todas as bebidas que resultam desse processo podem ser chamadas de infusões.

Outra característica das infusões é que elas podem ser classificadas pelas propriedades que possuem. Digestivas, relaxantes e revitalizantes são alguns exemplos.

Diferença entre chá e infusão

Se a infusão compreende a imersão de todas as plantas e ervas em água quente, qual é então a particularidade do chá?

Camellia sinensis. Você pode guardar o nome científico dessa planta para lembrar que dentro desta classificação estão apenas seis variedades, essas sim chamadas de chás. 

Chá branco, verde, amarelo, preto, escuro e oolong. Esses são os únicos produtos da Camellia sinensis, um pequeno arbusto usado há séculos em toda a Ásia.

Outra característica exclusiva dos chás é que quase todos eles têm teína, uma substância estimulante similar à cafeína.

Também é importante ressaltar que o produto, desde que derivado da Camellia sinensis, será sempre chá, independentemente se a água utilizada no preparo for quente ou fria.

6 Variedades para uma mesma planta

Uma única planta e 6 variedades de chá. Como isso é possível? A explicação aqui vem da forma como as folhas são processadas e da época em que elas são colhidas.

Isso faz com que  o chá branco, por exemplo, seja o menos processado e oxidado de todos. Dentre os 6, o chá branco é o único que não contém teína, mas é rico em antioxidantes como polifenóis e catequinas.

Por outro lado, o chá preto é o mais oxidado, apresentando maior teor de teína, menor quantidade de nutrientes e o característico sabor forte.

E os blends?

Assim como as infusões, nos blends também não há presença de teína. O que diferencia um blend de uma infusão, no entanto, é o fato de incluir frutas e especiarias, junto com as ervas.

Gostou de descobrir a diferença entre chá e infusão? Agora que já tem clareza sobre a bebida que vai preparar, que tal umas dicas para que sua infusão, chá ou blend fique ainda melhor?

Para saber se chegou o momento  certo de beber, guarde este ditado oriental: “Suas mãos devem suportar segurar a xícara com o líquido”.

Quanto ao tempo de infusão, o segredo é que quanto mais quente a água estiver, menos tempo o sachê deve ser deixado na xícara sob o risco de a bebida tornar-se amarga. 

Que tal aproveitar para passar na Barão Shop agora mesmo e escolher as suas caixinhas preferidas para preparar chás ou infusões?

banner chás barão

ATENÇÃO: as informações contidas neste artigo têm o objetivo de informar e trazer dados importantes para o conhecimento sobre o tema, mas não substituem em nenhuma hipótese a consulta e orientação profissional.

go back