Blog

Blog da barão

da barão
Sustentabilidade: Cambona 4 um projeto transformador para a economia sustentável
28 de maio de 2020

erva-mate-cambona

A Erva-Mate Cambona 4 é um dos produtos fabricados em nossa filial em Machadinho – RS, e que foi desenvolvido através de um projeto tecnológico e socioeconômico da própria cidade. Ela conta com um Sistema Agroflorestal, que além de recriar o habitat natural da erva-mate, aumenta seu valor de mercado e a renda dos produtores.

E é justamente esse Sistema Agroflorestal que foi reconhecido pelas Nações Unidas como um dos projetos mais transformadores para a sustentabilidade.

Ficou curioso? Então acompanhe o nosso texto e saiba mais sobre esse projeto incrível!

Webinar Big Push para a Sustentabilidade

Durante evento internacional realizado online no dia 26 de maio, o Sistema Agroflorestal Cambona 4, de Machadinho – RS, foi reconhecido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) das Nações Unidas como um dos projetos mais transformadores rumo ao Big Push para a Sustentabilidade no Brasil.

O Big Push para a Sustentabilidade é um conjunto de investimentos e ações que tem como objetivo gerar resultados concretos em direção à sustentabilidade aos países da região. Neste evento mais de 130 estudos de casos foram inscritos, destes 15 foram selecionados como mais transformadores, e entre eles o projeto “Sistema Agroflorestal Cambona 4: um exemplo de impulso à sustentabilidade na Região Sul do Brasil”, que foi apresentado por uma das autoras e engenheira agrônoma Sélia Regina Felizari.

Em entrevista Sélia Felizari, presidente da APROMATE (Associação dos Produtores de Erva-mate de Machadinho), afirma a importância desse reconhecimento: “Nos sentimos todos lisonjeados com a conquista. E é importante destacar que o projeto chegou a isso graças a parcerias de muitas pessoas, entidades, empresas. É uma força conjunta”. Afirma ainda que hoje o sistema serve de modelo para muitas comunidades, porque através de pesquisa e tecnologia, alavancou a indústria, melhorou os preços da erva mate e proporcionou melhorias para as propriedades e o meio ambiente.

O gerente do Consórcio Machadinho, Airton Morganti, também entrevistado, destaca que o projeto é autossustentável, pois além de contribuir com o incremento na renda, fortalecendo a agricultura familiar e a manutenção do homem no campo, também proporciona recomposição florestal e a preservação de nascentes.

Sobre o Projeto

Autores:
Airton José Morganti Júnior – (Consórcio Machadinho)
José Lourival Magri – (ENGIE Brasil Energia)
Selia Regina Felizari – (Associação de Produtores de Erva-Mate de Machadinho (Apromate)

Resumo
“A erva-mate é uma das principais culturas do Nordeste do Rio Grande do Sul e, até o início dos anos 2000, sua produção seguia a mesma dinâmica adotada no período colonial brasileiro. À época, o sistema produtivo era marcado por baixa produtividade e má qualidade do produto destinado à comercialização. Mesclava-se a erva nativa com uma variedade plantada e o resultado dessa mistura tinha sabor mais amargo, que não era a preferência dos consumidores. Nessas condições, a atividade gerava baixa renda para os agricultores que dependiam dela para o seu sustento. A partir de 2006, naregião de Machadinho (RS), a adoção de um novo sistema produtivo mudou esse panorama. Por meio de um projeto que envolveu instituições de pesquisa, a associação de produtores locais e empresas privadas, a erva nativa foi substituída na combinação por uma variedade obtida por meio de melhoramento genético, a Cambona 4. Como resultado, a produtividade e qualidade do produto foram elevadas, sanando as principais limitações até então enfrentadas pelos agricultores. O projeto tornou-se, assim, um importante vetor de geração de renda, valorizando a agricultura familiar e fixando o homem no campo. O Sistema Agroflorestal (SAF) representa, ainda, uma alternativa de reposição florestal, com grande potencial de proporcionar serviços ambientais, como, por exemplo, a conservação da biodiversidade e o sequestro de carbono. Em complemento, permitiu a proteção de cerca de70 nascentes de água localizadas nas propriedades participantes.”

Confira o artigo completo: “Sistema Agroflorestal Cambona 4: um exemplo de impulso à sustentabilidade na Região Sul do Brasil”

E então, o que achou desse projeto? Conheça agora a Erva-Mate Cambona 4 e outros produtos da linha Cambona!

Se você ainda não segue a Barão nas redes sociais, aproveite e curta nossa página no Facebook e no Instagram para ficar por dentro de todas as nossas novidades.
Fontes:
Nações UnidasArtigo PublicadoRadio Club Fm

 

voltar